Técnica escutista é um dos pontos altos do Acanac

O Acanac é o culminar de um ano e o local ideal em que a técnica escutista é testada para se ter a melhor e mais vistosa das construções. Prova disso são os pioneiros que, entre centenas de barrotes e metros de espia, usam os seus nós e ligações mais conhecidos para montarem as infraestruturas necessárias para viverem neste acampamento de sete dias.

20170731_NP_CONSTRUCOES_09

A 3.ª Secção tinha como construções obrigatórias a mesa de refeições, a cozinha, o pórtico e o oratório, mas várias são as comunidades que se aventuraram a construir o seu próprio abrigo elevado. “Como nós somos pioneiros, e não gostamos de dormir em tendas, quisemos fazer uma construção mais a sério”, afirma o pioneiro José Martins, da comunidade Thomas Young que é composta pelas comunidades do Agrupamento 467 – Charneca de Caparica e do Agrupamento 690 – Barreiro, ambas da Região de Setúbal.

Em termos de pioneirismo, o CNAE tem “um solo complicado para se cavar”, afirma o José. Então, em comunidade “decidimos fazer uma estrutura que fosse estável o suficiente para que não fosse necessário fazer buracos e aguentasse com os 40 (pioneiros) lá em cima”. E explicou-nos que “a maioria das vezes que nós fazemos as construções é sempre com o nó de botão em esquadria, mas como começámos a usar barrotes em ângulos diferentes, utilizámos mais o botão em cruz para poder suportar os travamentos com o nó mais adequado”, tendo assim atenção à segurança e durabilidade do abrigo.

20170731_JM_construcoes-pioneiros_(77)

A comunidade 84 do Agrupamento 326 – Idanha-a-Nova, pôs a sua técnica escutista à prova ao tear um tampo para a sua mesa de refeições. “Nós não tínhamos tampo e começámos a fazer com corda”, disse Raquel, provando que têm a criatividade para se adaptarem às situações adversas. Utilizaram também para o seu oratório a técnica de froissartage, que consiste em fazer entalhes na madeira. “Não costumamos utilizar, mas decidimos fazer para aqui”, sublinha a pioneira.

20170731_JM_construcoes-pioneiros_(48)

Mas não se trata apenas de construir. O transporte da madeira das suas cidades para Idanha-a-Nova é também uma aventura para muitos. É o caso da comunidade Diogo de Teive, composta pelos agrupamentos 571 – Santo Amaro da Ilha da Madeira e 320 – Évora. “Foi um desafio, foi muito complicado. A nossa atividade começou três dias antes, porque tivémos de carregar as coisas, de dividir duas carrinhas e ir e vir de Évora três vezes”, sublinhou Maria Félix, guia de comunidade. A sua construção é das mais apreciadas pelos outros pioneiros que passam pelo seu campo, tem a forma da planificação de um cubo e cada quadrado é associado a um elemento (Ar, Água, Terra e Fogo). Estes elementos estão tão enquadrados com a técnica escutista que, para fazerem a sua promessa, precisam de saber fazer 35 nós e todos os anos participam noutra atividade realizada aqui no CNAE, o Tecoree, onde se põe à prova a técnica escutista dos pioneiros.

20170731_JM_construcoes-pioneiros_(22)

Nos meses que antecedem este acampamento nacional, vários desafios foram propostos pela organização das atividades da 3.ª Secção. Um deles “era fazer uma construção sustentável, que não aumentasse a pegada ecológica”, diz-nos o Daniel, que pertence à comunidade 6 do Agrupamento 295 – N. Sra. Da Conceição – Vila Real. Para cumprirem o desafio, estes pioneiros idealizaram a construção com materiais reciclados. “A madeira toda ela é reciclada, aquela que cortámos é de espécies invasoras como por exemplo a mimosa”, continua, “as telhas são placas feitas com cartão e pacotes de leite usados”, explica o Daniel.

A vida em campo e o desenvolvimento da técnica escutista são alguns dos aspetos do método escutista que mais entusiasmam o escuteiro, e o Acanac torna-se a montra perfeita para cada escuteiro poder demonstra o que de bom aprende e pratica no seu agrupamento durante o ano.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Texto: Ana Marcelo
Fotos: Nuno Perestrelo, Joana Moreira

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s